Álbuns de 2019

Ao contrário de outros anos, este ano a lista que se segue para os álbuns que mais rodaram por aqui tem uma ordem. Quanto mais acima, mais marcaram. E o mais incrível (e gratificante de tudo) é que tive (ou vou ter, no caso do primeiro, quinto e sexto álbuns da lista) a oportunidade de ver quase todos ao vivo. Excepção feita a “Purple Mountains”, pelas piores razões possíveis, como será do conhecimento de todos os que se importam, e “Better Oblivion Community Center”, este simplesmente porque a Phoebe Bridgers e o Conor Obersr andaram ocupados por outras bandas e não passaram por Portugal.

“Ghosteen” por Nick Cave & The Bad Seeds [PLAY]
“I Am Easy to Find” por The National [PLAY]
“Esja” por Hania Rani [PLAY]
“Purple Mountains” por Purple Mountains [PLAY]
“Two Hands” por Big Thief [PLAY]
“All Mirrors” por Angel Olsen [PLAY]
“Tip of the Sphere” por Cass McCombs [PLAY]
“A Invenção do Dia Claro” por Capitão Fausto [PLAY]
“Better Oblivion Community Center” por Better Oblivion Community Center [PLAY]

2019 foi generoso.
2020 promete.

Foto por: Tino Vacca

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *